Com gols de Cano e Manoel, para o Fluminense, e Lucas Oliveira, para o Cruzeiro, a Raposa foi derrotada  por 2 a 1, em partida válida pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Agora, dentro de casa, o time celeste precisa reverter o placar para avançar às quartas de final do torneio. Para garantir a classificação, a equipe comandada por Pezzolano precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. 

Através de suas redes sociais, Arnaldo Cezar Coelho questionou a falta de critério do árbitro de vídeo nos lances de expulsão do lateral-direito Geovane, do Cruzeiro, e do lance do volante André, do Fluminense. Para ele, o VAR também deveria ter chamado o juiz no lance do meio-campista do Tricolor das Laranjeiras. 

“Por que o VAR chamou o Árbitro para sugerir a expulsão do Geovane do Cruzeiro pelo bico na canela e não usou o mesmo critério no ponta pé do André do Flu no final. Só quero entender”, destacou o ex-árbitro sobre os lances polêmicos.  

Os torcedores celestes ficaram na bronca com a arbitragem por alguns lances. Um dos que mais gerou reclamação foi um do primeiro tempo, em que o goleiro Fábio, teria tocado com a mão na bola fora da área. Os cruzeirenses queriam que o lance fosse analisado pelo VAR e que o goleiro do Fluminense fosse expulso.  

Agora, a Raposa volta seu foco para a Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite da próxima terça-feira (28), às 21h30, o Cruzeiro recebe o Sport, em partida válida pela 15ª rodada da Segunda Divisão Nacional. No momento, a Raposa lidera a competição com 31 pontos.