O Paris Saint-Germain (PSG) venceu o Montpellier, no último sábado (25), pelo placar de 2x0, e segue com 100% de aproveitamento no Campeonato Francês após oito rodadas, já liderando a competição com 10 pontos de vantagem para o Olympique de Marselha, segundo colocado. Clima tranquilo, certo? Errado. Mesmo com o novo triunfo, uma polêmica tomou conta dos bastidores. 

Após o segundo gol do PSG, anotado pelo alemão Julian Draxler, com assistência de Neymar, o francês Kylian Mbappé foi flagrado pelas câmeras da emissora "Canal+" reclamando do brasileiro. No banco de reservas - o camisa 7 foi substituído pouco antes do gol que deu números finais ao jogo, ele 'pistolou' em papo com o volante Idrissa Gueye.

"Ele não passa para mim", reclamou Mbappé, que deixou o jogo insatisfeito com algumas tomadas de decisão de Neymar. Depois de ser o escolhido pelo técnico Maurício Pochettino aos 42 minutos, o francês viu o camisa 10 dar passe para Draxler marcar aos 44' e não escondeu a insatisfação. 

O momento de ira de Mbappé vem em meio a muitas especulações nos bastidores. Na última janela de transferências, o francês, que segue sem renovar seu contrato, que tem duração somente até o fim da temporada, foi alvo do Real Madrid e chegou a expor o desejo de defender o clube espanhol. O PSG, entretanto, recusou as ofertas recebidas. 

O próximo desafio do PSG será pela Uefa Champions League. Após o surpreendente empate na estreia com o Club Brugge, na Bélgica, a equipe francesa recebe o Manchester City, da Inglaterra, na terça-feira (28), às 16h (de Brasília), pela segunda rodada do Grupo A. No outro jogo da primeira rodada, os ingleses golearem o RB Leipzig, da Alemanha, pelo placar de 6x3.