arrow_drop_down
search
Lateral deseja ser vendido pelo Flamengo

Futebol Flamengo

Lateral deseja ser vendido pelo Flamengo e negócio depende do aval de Rodolfo Landim

O defensor não teve muitas chances no Rubro-Negro e a tendência é que não volte mais a defender o Mais Querido do Brasil; o lateral também não deseja retornar ao Brasil neste momento

Bolavip

Lateral deseja ser vendido pelo Flamengo

Lateral deseja ser vendido pelo Flamengo

Por ter um elenco recheado de opções, é normal que alguns jogadores fiquem sem espaço no Flamengo e sejam negociados pelo clube carioca. Jorge Jesus só pretende contar com atletas que tenham potencial para manter o nível do time flamenguista em alta. Diferentemente do ano passado, o Rubro-Negro nesta temporada mudou ainda mais de patamar. 

Um desses exemplos que preferiu sair é o lateral Klebinho. O defensor enxergou que não iria ter sequência no Mais Querido do Brasil e foi emprestado ao Tokyo Verdy, do Japão. O atleta vem tendo um bom desempenho no time do exterior e, durante entrevista, ao jornalista Venê Casagrande, o jogador projetou ficar por muito tempo vestindo a camisa do time japonês.  

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Experiência boa demais, não me arrependo nem um pouco de ter vindo pra cá. Estou gostando muito, mais também pela cultura do país, civilização, as coisas são muito organizadas aqui, e o nível do futebol é muito alto, não são todos que vem para cá e consegue se estabilizar completamente. O que eu penso é fazer um bom ano nessa temporada de 2020, assim como eu fechei a temporada passada. Como já estou adaptado a tudo aqui, sim, eu penso em continuar no Japão, gostei muito daqui e por mim continuaria por muitos anos”. 

A diretoria do Flamengo também tem interesse em negociar o jogador de forma definitiva e, até por isso, existe uma renovação de contrato engavetado. A tendência é que o jovem assine novo vínculo com o Fla, mas seja cedido novamente e o clube da Gávea embolse um bom dinheiro. Mas, para o negócio acontecer vai depender dos valores da proposta do Tokyo Verdy e, consequentemente, do aval do presidente Rodolfo Landim. Mas, se nada mudar até o final da temporada, o lateral deve mesmo ficar no clube do Japão por um bom tempo e se desligar de forma oficial do Rubro-Negro. 

Mesmo com o coronavírus, Klebinho disse que não cogitou retornar ao Brasil e disse que tudo está sendo normalizado no país asiático

 

A princípio não, mas se ficasse mais sério, eu seria a primeira pessoa a pedir para voltar ao Brasil para ficar com os meus familiares. Mas graças a Deus nós precavíamos antes e aqui não tiveram muitos casos, e agora já está tudo normalizado”. 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.