O zagueiro Pedro Geromel é um dos grandes ídolos da história recente do Grêmio. E a admiração do torcedor só aumentou no momento em que o defensor permaneceu no Tricolor em 2022 para ajudar a devolver o Imortal para a elite do futebol brasileiro. Porém, Walter Kannemann, parceiro histórico do camisa 3, ainda não confirmou a renovação e pode assinar um pré-contrato com qualquer clube.

 

“Tenho muito vontade de permanecer no Grêmio, e sei que ele também. Eu renovei agora e espero que ele renove logo”, disse. A situação do argentino é diferente. Ausente mais uma vez por lesão, Kannemann poderia enfrentar dificuldades para renovar o seu vínculo, embora tenha proposto uma condição para a alta cúpula gremista visando o entendimento entre as partes.

O zagueiro argentino aceita conversar com o Tricolor, mas só deverá sentar com os dirigentes para resolver o imbróglio após a recuperação de sua lesão. A tendência é de que o defensor esteja de volta no final do mês de agosto, ou seja, em cerca de 20 dias. A informação de GaúchaZH é de que uma equipe do Catar o procurou.

"Essa pauta ainda não está na hora. Estamos em um momento diferente do Clube. Considero uma coisa tranquila, mas temos de aguardar o momento oportuno. Se tem alguém que tem uma forma absolutamente correta de tratar essas questões é o Kannemann com o Clube, assim como o Clube com ele", disse o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, à Rádio Gaúcha.