Na última quinta-feira (13), o Corinthians decepcionou e foi o primeiro brasileiro eliminado da Copa Sul-Americana. Em Montevidéu, o time comandado por Vagner Mancini acabou goleado pelo Peñarol por 4 a 0, resultado que colocou os uruguaios muito próximos da classificação às oitavas de final. Ainda assim, o país continua muito bem representado na competição.

Após quatro partidas, Bahia e Athletico estão na briga para se classificarem ao mata-mata. O Esquadrão, na última quinta, venceu o Guabirá, em Montero, por 1 a 0 e estacionou na liderança do Grupo B com 8 pontos, empatado com o Independiente-ARG. O Bahia leva a melhor no saldo de gols (6 a 4).

Já o Athletico voltou à briga no Grupo D após a vitória sobre o Metropolitano, em Caracas, por 1 a 0. O resultado da última terça-feira (11) fez com que o Furacão empatasse em 9 pontos com o Melgar, do Peru, que foi derrotado pelo Aucas na última rodada em Quito. 

Faltando duas rodadas para o término da primeira fase, ambos dependem de si para avançar às oitavas. Lembrando que, pelo regulamento de 2021, somente o primeiro de cada chave segue vivo pelo título. E na luta pelo troféu, Bahia e Athletico podem disputar um reforço para a sequência da temporada. O jornal As, edição do Chile, informa que o atacante Nicolás Blandi está na mira de ambos os brasileiros.

O centroavante de 31 anos está atualmente no Colo-Colo, do Chile, mas não vem sendo aproveitado. O Juventude é outro que buscou informações de Blandi, mas os fatores financeiros - o clube de Santiago quer uma negociação em dólar - afastam o jogador de Caxias do Sul. Nem Bahia tampouco Athletico se manifestaram sobre o interesse no argentino. 

Blandi nunca jogou no futebol brasileiro, mas é frequentemente sondado em vários clubes do país. Em 2019, o Botafogo se interessou pelo argentino, mas a negociação não foi concretizada por falta de tempo para o término da janela internacional de reforços.

O centroavante é formado nas categorias de base do Boca Juniors e passou por Argentino Juniors, San Lorenzo e Evian TG, da França. No Bahia, a chegada de Blandi teria como objetivo cobrir uma lacuna para o ataque já que, recentemente, Gabriel Novaes se transferiu para o Bragantino.

No Athletico, todavia, a disputa tende a ser ferrenha, já que António Oliveira conta hoje com Renato Kayzer e Matheus Babi. Recentemente Guilherme Bissoli foi emprestado ao Cruzeiro até o fim da temporada.