O torcedor do Vasco, de tão fanático que é - se não for o mais do Brasil - nunca se esquece de uma negociação mal resolvida no clube. Em 2020, o então diretor de futebol do clube André Mazzuco iniciou tratativas para contratar o volante Jucilei, até então encostado no São Paulo. Na ocasião, o meio-campista acabou não fechando com o Gigante da Colina e se envolveu em polêmica pelo motivo de não seguir a transação.

 

"A questão é que eles (Vasco) não têm condições de pagar o meu salário. O meu salário é alto porque conquistei no campo. Não conquistei isso através de esquema, nem nada. Não tive lesão, nem nada. Os caras não me contrataram porque não têm dinheiro. A verdade é essa", disse Jucilei em 28 de janeiro de 2020.

No fim, Jucilei acabou rescindindo com o São Paulo, em uma operação que a diretoria do time paulista optou por economizar cerca de R$ 6 milhões entre salários, direitos de imagem e impostos com o meio-campista. Dois anos depois, o atleta de 34 anos vai disputar, quem diria, a Série C do Campeonato Carioca

O Atlético Carioca, clube que disputa a 5ª divisão no RJ, anunciou na última quarta feira (11) a contratação do meia. Jucilei não atua desde maio de 2021, temporada em que disputou a elite do futebol do Rio de Janeiro pelo Boavista. O Atlético estreia pela Série C nesta sexta-feira (13) diante do EC Resende, às 15h, no Estádio Joaquim de Almeida Flores, em Nilópolis.