A diretoria do Internacional não perde tempo e já inicia o planejamento visando a próxima temporada. Uma das missões será definir a situações de jogadores em reta final de contrato com o clube. No sistema defensivo, o lateral-direito Renzo Saravia vive os últimos meses de seu empréstimo e o desejo do Colorado é mantê-lo no elenco

O argentino, de 28 anos, está cedido pelo Porto, de Portugal, que, em 2020, já aceitou alongar o empréstimo por mais uma temporada. Desta vez, o Colorado terá que pagar para ficar com Saravia e o valor não é baixo. A opção de compra determinada em contrato é de 8 milhões de euros (cerca de R$ 49,5 milhões na conversão atual). 

De acordo com informação da reportagem do site UOL Esporte, o Internacional já se articula para baixar a pedida e um jovem revelado na base pode ajudar no negócio. Uma das estratégias estudadas pelo Colorado é envolver Léo Borges ou João Peglow nas tratativas para adquirir os direitos de Saravia. 

Ao todo, o Porto precisará desembolsar 9 milhões de euros (R$ 56 milhões) em junho de 2022 para ficar com a dupla. Enquanto Léo Borges tem preço fixado em 4 milhões de euros (R$ 25 milhões), o valor de João Peglow é um pouco superior, definido em 5 milhões de euros (R$ 31 milhões). A dupla vem atuando no time B do clube português.

"Ainda não temos essa conversa oficial com o Porto, temos uma ótima relação com o clube. Especificamente sobre o Renzo (Saravia), ainda não", comentou Paulo Bracks, diretor executivo do Internacional, em recente entrevista à Rádio Grenal. O argentino acumula 34 atuações e duas assistências pelo Colorado.