A eliminação para o Melgar nas quartas de final da Copa Sul-Americana atrapalhou o sonho do Internacional de voltar a conquistar um título em 2022. Apenas com o Campeonato Brasileiro no calendário até o final da temporada, o Colorado aparece na sexta colocação com 36 pontos, 12 a menos que o líder Palmeiras, e já está pensando no ano que vem

Nos bastidores, o Clube já discute o futuro do técnico Mano Menezes, que tem vínculo até o final do ano, e utiliza o atual líder do Brasileirão como exemplo. De acordo com a reportagem do site "Globoesporte.com", a renovação contratual ainda não está sacramentada, mas a vontade de assinar um novo vínculo é mútua

Os dirigentes vêm conversando com o representante de Mano Menezes para garantir a permanência em 2023 e acredita que um trabalho a longo prazo "servirá para o time mostrar evolução e alcançar os desejados títulos". No domingo (14), antes da vitória por 3x0 diante do Fluminense, o técnico acabou vaiado, mas ainda goza de prestígio com o torcedor colorado.

"A questão da continuidade é um tema importante. Os resultados positivos no país mostram continuidade, apesar de dificuldades. Mantemos a convicção. Negociações que estão em andamento, mas não há data limite (para finalizar). Mano tem contrato até o final do ano", disse o presidente Alessandro Barcellos. O exemplo do Palmeiras foi citado em coletiva pelo próprio comandante.

"O Palmeiras demorou um ano e meio para chegar neste estágio. Estamos aqui há 100 dias e fizemos tanta coisa que o torcedor não tem ideia. Com a possibilidade a médio prazo, também trazer jogadores de proposição, que é mais difícil", analisou Mano Menezes. O técnico acumula 57,14% de aproveitamento no Colorado, com 12 vitórias, 12 empates e quatro derrotas em 28 partidas.