O Grêmio está 100% focado em conquistar o acesso e retornar ao grupo de elite do Campeonato Brasileiro, mas mesmo estando no G-4, ainda passa por alguns momentos complicados, como por exemplo na última derrota, diante do Ituano, por 1 a 0, dentro de casa. A equipe comandada por Roger Machado não conseguiu render em campo e foi superada, vendo o Cruzeiro disparar ainda mais na liderança.

 

 

A comissão técnica vem sendo bastante pressionada pelos torcedores, já que mesmo com os 44 pontos, não aprovam o que está sendo apresentado pelo time, pedindo mudanças urgentes. A diretoria ainda banca a permanência do treinador gremista, afirmando que o trabalho está sendo bem feito e acreditando que logo confirmará o retorno.

 

 

Fora dos gramados, situações vão ocorrendo e podem beneficiar o Imortal. Uma negociação importante, que traria lucro aos cofres, ajudando na questão financeira, é a de Arthur, da Juventus. Depois de sair do Brasil em alta e ganhar moral com Tite na Seleção, o meio-campista caiu bastante de produção e passou a ser esquecido.

 

 

Diante disso, sem ser utilizado pelo técnico Massimiliano Allegri em solo italiano, o brasileiro foi cogitado em três grandes times portugueses durante esta última segunda-feira (29): segundo as informações da "Sky Sports", da Itália, o Sporting é a única possibilidade de momento para o brasileiro, mas sua situação acabou sendo atualizada.

 

 

Conforme apurado pelo jornalista Pedro Sepúlveda, o time português achou os valores muito altos e não quis dar continuidade na negociação com o jogador de 26 anos. Depois de ser buscado pelo Valencia, da Espanha, o volante deixou claro o desejo de atuar em alguma equipe que dispute a maior competição da Europa: a Champions League.