Atlético-MG chegou a uma marca impressionante neste sábado (13) em relação ao seu torcedor. O clube, que lidera com larga vantagem o Campeonato Brasileiro e é finalista da Copa do Brasil, atingiu a marca de 100 mil associados no Galo na Veia. A torcida tem dado o maior apoio para a equipe comandada por Cuca na busca pelo seu segundo título do Brasileirão.

O número atingido pelo Galo bateu a meta que foi estipulada pela diretoria do clube mineiro. A marca, se comparada com o primeiro semestre, praticamente dobrou, de acordo com o balanço divulgado pelo Atlético. No começo do ano cerca de 52 mil sócios aderiram ao programa.

Até aqui, o clube atingiu R$ 10 milhões de arrecadação com o programa de sócio-torcedor chamado "Galo na Veia", porém o orçamento estipulado pela diretoria mineira era de R$ 24,2 milhões, muito acima do que foi atingido. Os dados são em relação ao balanço financeiro do Atlético-MG de 2020. 

Os torcedores que estão no programa sócio-torcedor denominado "Galo na Veia" tem diversos benefícios, como prioridade na compra de ingressos dos jogos do clube como mandante, além de descontos para a aquisição das entradas, entre outros. A diretoria também pensa em criar uma nova categoria para arrecadação exclusiva para o time feminino.