Philippe Coutinho colocou um ponto final em sua trajetória junto ao Barcelona. Após cinco anos atuando pelo clube catalão, o meio-campista foi contratado em definitivo pelo inglês Aston Villa e quer reencontrar o futebol que encantou o mundo nos tempos de Liverpool - e fez com que ele fosse a contratação mais cara do time espanhol, por 130 milhões de euros.

Em entrevista ao Daily Mail, da Inglaterra, Coutinho falou sobre o motivo de não ter vingado no clube catalão. “O Barcelona não foi a experiência que eu esperava, mas a vida é assim. A única vez que me preocupei foi quando me machuquei. Fiquei nove meses fora e fiz três operações. Naquela época eu estava preocupado em voltar a jogar e coisas assim. Mas, agora está tudo normal, estou muito feliz e só quero ficar aqui", disse o meia.

Apesar da 'mágoa', o craque não tem arrependimentos em relação a sua escolha. "Não me arrependo de nada. Tudo faz parte dos altos e baixos da vida. Meu sonho era jogar pelo Barcelona desde criança. Mas agora está no passado e estou ansioso pelo meu futuro aqui. Também aprendi muito naquela época. Foi um momento muito difícil para mim, mas me fortaleceu na cabeça. A partir daí foi importante para mim", afirmou.

Por fim, Philippe falou sobre retornar a Premier League e revelou ter reencontrado a felicidade em jogar futebol, mais um vez apontando a má fase no Barcelona. "Essa é uma grande liga. Para mim, é uma das melhores. Os jogos são tão competitivos e a atmosfera é fantástica. Por muito tempo, eu não estava feliz jogando futebol, mas senti felicidade de novo aqui. Esse é o motivo pelo qual decidi ficar", finalizou.