Um movimento pedindo a saída de Tite da seleção brasileira tomou conta das redes sociais entre esta quinta (3) e sexta-feira (4), com a hashtag "#ForaTite". O mote do clamor é que o treinador estaria em atrito com a CBF devido à realização da Copa América, que será no Brasil.

No Twitter, a hashtag ficou entre os assuntos mais comentados da rede na manhã desta sexta. Internautas chamaram o treinador de "esquerdopata" e "lacrador" por conta de um possível boicote do técnico, sua comissão e até mesmo os jogadores à Copa América 2020, que será disputada este ano e no Brasil.

Enquanto clamavam pela saída de Tite, alguns usuários do Twitter também pediam que a CBF fechasse com Renato Gaúcho para substituir o treinador que está à frente do time do Brasil desde 2016:

Em sua maioria, os internautas usando a hashtag #ForaTite são apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e favoráveis à realização da Copa América em território nacional. Embora Tite não tenha deixado claro publicamente sua posição em relação ao evento, a imprensa brasileira afirma que ele é contrário à realização do torneio.