Não foi uma atuação brilhante, longe disso, mas o Internacional conquistou, neste domingo (19), uma vitória importantíssima diante do Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro. Jogando no Beira-Rio, a equipe de Diego Aguirre fez 1 a 0 com gol de Edenilson já nos acréscimos. Os três pontos foram fundamentais para o Colorado chegar a 29, na sexta colocação momentaneamente. Os gaúchos têm um jogo a menos que os principais concorrentes.

Se o triunfo fez o Inter entrar no G-6 do Brasileirão - zona de classificação para a Libertadores de 2022 -, por outro lado torcedores colorados não estão satisfeitos com o jogo proposto pela equipe. Muitos avaliam que Aguirre "está propondo um futebol muito pobre de ideias" e cobram mais evolução em campo.

As substituições e escolhas até dos relacionados no banco também são pontos que Aguirre vem deixando a desejar. Por exemplo, o Inter tinha poucas alternativas ofensivas entre os suplentes. Ao contrário da defesa, que tinha Heitor, Paulo Victor, Mercado, Kaique Rocha e Zé Gabriel.

Veja o que Aguirre respondeu na coletiva pós-jogo:

ANÁLISE DA PARTIDA
"O resultado é o mais importante. Obviamente que temos que encontrar os caminhos para conseguir a vitória. Hoje temos que valorizar muito a vitória. Enfrentamos o Fortaleza, um dos melhores times do Brasil. A vitória vale muito. Mais um jogo que não sofremos gols, fomos competitivos. No final do jogo fomos procurar a vitória e conseguimos. Temos que trabalhar, coisas a melhorar. Quando se enfrenta um bom time, é normal que se sofra e tenha momentos de dificuldade. Pudemos superar isso e estou muito feliz".

CRÍTICAS A PATRICK E MOISÉS
"Acho que o Moisés fez um bom jogo. Patrick trabalhou também. Não posso separar. Somos um time. Me lembro que falavam das dificuldades defensivas. Tem que valorizar a organização defensiva e a atuação do time todo. Temos dificuldades por conta dos rivais terem coisas que dão problema. Estamos trabalhando para evoluir e cada vez ir por mais".

EXPULSÃO DE SARAVIA
“Para mim, Saravia fez um bom jogo. Esta voltando a dar o melhor de si. Passou por uma cirurgia, sofreu muito. Mas para mim agora, Renzo é uma certeza. Está cada vez melhor.”

MUDANÇAS NO TIME
"Alguma mudança vamos a ter pois perdemos Saravia e Moisés. A volta de Taison é fundamental, precisamos dele. Mas conseguimos duas vitórias sem ele (Taison) é isso da ainda mais valor a elas.”

MAURÍCIO POR BOSCHILIA
"São jogadores singulares, não foi uma modificação tão significativa. Entendi que Boschilia com sua experiência e qualidade poderia melhorar. Mas Maurício também jogou bem.”

FALTA DE REPERTÓRIO NA FRENTE 
“A dificuldade de criação não é porque jogamos com dois volantes. Jogaram Dourado, Maurício, que dão muita criação. Fortaleza pressionou e dificultou tirando os espaços.”