Vendido ao Zenit pelo Internacional por 25 milhões de euros (cerca de R$ 149 milhões na cotação atual), Yuri Alberto não vai seguir na Rússia. A Fifa prolongou a suspensão dos contratos de atletas que atuam no país presidido por Vladimir Putin por conta do conflito armado frente à Ucrânia. 

Desta forma, atletas brasileiros estão recorrendo a outros mercados e claro que o BR se tornaria um destino possível. É o caso do camisa 9. Especulado em times como Atlético-MG, Corinthians, Flamengo e Palmeiras, o centroavante está negociando e sabe qual será o futuro daqui em diante. 

Em declarações dadas nesta sexta-feira (24), o técnico do time de São Petersburgo, Sergey Semak, deixou escapar quais devem ser os próximos passos na carreira do jovem revelado nas categorias de base do Santos. Ele disse que é preciso respeitar o que é decidido pelos atletas neste momento de tensão no leste europeu. 

“Agora a prioridade do jogador é jogar em outro clube por algum tempo. Respeitamos a decisão de cada jogador. Tudo está sendo negociado. Claro que vai fazer falta. A situação está mudando muito rapidamente. Faz parte do trabalho da comissão técnica fazer algumas mudanças e mudar o jogo com base em quem está no time”, disse Semak. 

Conforme repercutido pelo Bolavip Brasil no decorrer desta semana, o Corinthians havia acertado os salários de Yuri. Os outros Clubes, que foram ligados ao ex-Inter, se movimentaram contrários a chegada do artilheiro. Na temporada 2021/22, o jogador marcou sete gols e deu quatro assistências em 16 jogos disputados.