O Goiás está a todo vapor no planejamento para a temporada 2022, e as mudanças já começam a acontecer. Uma delas é no comando técnico da equipe para disputar as competições do próximo ano que, apesar do sucesso de Glauber Ramos em garantir o retorno do Goiás para a elite do futebol brasileiro, terá um novo treinador  contratado para comandar o Esmeraldino. Em entrevista ao Portal Sagres, o presidente Paulo Rogério Pinheiro garantiu que Glauber Ramos irá permanecer trabalhando com o clube.


“Confio no Glauber (Ramos) cegamente. Um dos prêmios pelo acesso é que ele ganhou a licença PRO, o Goiás vai pagar para ele, que é muito cara também. Ele vai continuar na nossa comissão permanente e enquanto não vier um técnico, ele será nosso treinador. Se até o Goiano não tiver treinador ele fica, se até o Brasileiro não tiver, ele fica. Ele vai ficar até contratarmos um técnico”, explicou.


Na ocasião o dirigente indicou o perfil para o novo comandante. “Eu não me preocupo com modismo, se eu achar que tenho que trazer um treinador estrangeiro e que vai dar certo, eu vou trazer. Na minha cabeça hoje tem que ser brasileiro. Mas se não achar nenhum brasileiro, pedirem ‘horrores’ de dinheiro e não terem a filosofia que eu quero, posso partir para o estrangeiro, quem sabe. Não é uma posição fechada, mas hoje minha cabeça é trazer um brasileiro”, afirmou.

Em entrevista recente à TV Anhanguera, Paulo Rogério confirmou o desejo de trazer Dorival Júnior para comandar a equipe e afirmou que acerto financeiro não será um problema. “Temos um nome, nunca escondi minha amizade e meu carinho com o Dorival Júnior. Depende muito dele. Financeiramente, não tem nenhum problema. Mas temos que ver a condição psicológica dele, ele está passando por um momento difícil na família. Se ele quiser vir, a casa está esperando ele. Se ele não puder, a casa vai continuar aberta para o futuro, mas vamos trazer outro treinador. Vamos investir no Glauber também, que nos dá tranquilidade”, disse.

De acordo com apuração feita pelo Portal Esmeraldino, O Goiás já fez inclusive uma proposta para Dorival. Procurado pela reportagem do site, o treinador que está afastado há algum tempo do futebol devido problemas familiares, preferiu não confirmar uma possível negociação entre ele e o clube. “Vamos deixar as coisas acontecerem. Seria deselegante falar em hipóteses. Tenho muito carinho e respeito pelo Paulo (Rogério Pinheiro) e pela entidade (Goiás Esporte Clube)”, disse  Dorival Júnior ao Portal Esmeraldino.