arrow_drop_down
search
Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

Futebol Corinthians

Clayson, Carlos Augusto e mais 4: Corinthians mantém percentual e pode lucrar com futuras vendas de jogadores negociados

Mesmo não contando mais com os atletas em seu plantel, o Timão fez negociações que permitem receber uma boa porcentagem, caso exista alguma negociação futura envolvendo alguns nomes

Bolavip

Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

Vivendo uma situação financeira ainda bastante delicada, o Corinthians fez um planejamento e está de olho num possível ganho financeiro a médio ou longo prazo, já que o clube mantém o percentual de seis jogadores que não possuem mais contrato com o Timão, confirme publicado pelo GloboEsporte.com.

 

 

Não é a primeira vez que essa ideia é adotada. Em 2016, o Corinthians vendeu o zagueiro Felipe ao Porto, de Portugal, mas manteve 25% dos direitos econômicos. Porém, em 2017,  optou por negociar sua fatia final por 2 milhões de euros (R$ 9 milhões, na época). Dois anos depois, o zagueiro teve uma venda milionária para o Atlético de Madrid, o que gerou lamentações internas pelo fato de o clube ter deixado de ganhar muito mais dinheiro.

 

 

Além do zagueiro, o mesmo aconteceu com Malcom, também em 2016. Na época, o Bordeaux, da França, pagou 5 milhões de euros (R$ 21 milhões, na época) por 15% dos direitos econômicos. O Timão manteve outra fatia de 15% e, um ano e meio depois, negociou por mais 4,5 milhões de euros (R$ 16 milhões).

 

Malcom já não tem nenhuma porcentagem ligada ao Corinthians - Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

 

Diante disso, segue abaixo a lista dos seis atletas que ainda podem trazer lucro ao Alvinegro:

 

Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

 

1- Juninho Capixaba: Contratado em 2018 após fazer alguns bons jogos pelo Bahia no ano anterior, o lateral-esquerdo atuou em apenas 12 partidas, queimou-se com a torcida e foi negociado com o Grêmio em julho daquele ano. Hoje aos 23 anos, atua novamente pelo Bahia e tem seus direitos econômicos divididos entre Grêmio (50%), Bahia (30%), e o Timão (20%).

 

Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

 

2- Marquinhos Gabriel: Sem sucesso em sua passagem, foi contratado em 2016, ano da remontagem do elenco após o desmanche causado pela evidência do hexacampeonato brasileiro. Deixou o clube em 2018 e hoje, aos 30 anos, atua na Série B pelo Cruzeiro depois de retornar de empréstimo ao Athletico-PR no início de setembro. Seus direitos econômicos estão divididos entre o clube mineiro, o Al-Nasr, dos Emirados Árabes, e o Corinthians, que manteve 28% dos direitos.

 

Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

 

3- Clayson: Importante no título brasileiro de 2017 e em jogos do bicampeonato paulista (2018 e 2019), o meia-atacante foi negociado com o Bahia.O clube baiano pagou R$ 4 milhões por 40% dos direitos econômicos do jogador de 25 anos. O Corinthians, de olho numa negociação futura, manteve 20%.

 

Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

 

4- Carlos Augusto: Recentemente negociado com o Monza, da Itália, foi um grande negócio para o Corinthians. Com 41 jogos e um gol no profissional, o jogador teve 40% dos seus direitos econômicos negociados por R$ 25 milhões. O Timão manteve 60% e acredita que o jogador terá grande destaque na Série B italiana. 

 

Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

 

5- Guilherme Mantuan: O volante de 23 anos tinha contrato até dezembro, mas rescindiu, e assinou com o Gil Vicente, de Portugal. Antes dono de 76%, o Timão abriu mão de parte da fatia para tirar o jogador de sua folha de pagamentos, mas manteve 20% de olho numa transferência para um clube maior.

 

Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians.

 

6- Jean: O negócio mais recente que o Corinthians fez nestes moldes foi com o volante Jean, contratado após se destacar no Paraná Clube em 2016. O volante estava emprestado ao Vitória e tinha contrato até o fim do ano, mas o Timão, dono de 80%, abriu mão do atleta e manteve 20% dos direitos.

Temas:

  • Corinthians
  • Clayson
  • Carlos Augusto
  • Marquinhos Gabriel
  • Jean
  • Guilherme Mantuan
  • Juninho Capixaba

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.