A grave lesão de Matheus Babi - que vai operar o joelho e está fora do restante da temporada 2021 - faz o Athletico recorrer a alternativas para reforçar o elenco de António Oliveira. Afinal, o Furacão está firme na disputa pelos títulos do Campeonato Paranaense, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e o Brasileirão. Renato Kayzer e Vinicius Mingotti eram as opções restantes, mas o clube ganhou o retorno de Guilherme Bissoli. 

O centroavante estava emprestado, desde abril, ao Cruzeiro, porém o técnico português pediu-o de volta pela contusão de Babi. Ele já se reapresentou no CT do Caju nesta quarta (04) e está esperando a regularização no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para atuar pelo Athletico. Ele só poderá defender o CAP na Sul-Americana e no Brasileirão. 

Mesmo com a volta de Bissoli, o Athletico está de olho no mercado em busca de um atacante. Na última terça-feira (03), surgiu o boato de que o clube estaria sondando o paraguaio Gabriel Ávalos, do Argentinos Juniors. O atacante de 30 anos tem contrato expirando no clube portenho em dezembro e já poderia assinar um pré-acordo com outra equipe. 

Ávalos vem sendo destaque do Argentinos Juniors, que foi até as oitavas de final da Libertadores (caindo apenas para o River Plate). O atacante marcou 6 gols em 21 partidas na temporada passada. Disputou a Copa América por sua seleção e balançou as redes no empate por 3 a 3 com o Peru ainda na primeira fase. É um centroavante clássico, forte, alto (1,90m) e canhoto, daqueles que ganha as bolas pelo alto. 

Afinal, Ávalos está na pauta do Athletico? Em live produzida pelos colegas Juliano "Fuska" Lorenz e Vinícius Furlan, do portal Trétis, o interesse dos paranaenses não procede. Trata-se de boato fabricado por torcedores nas redes.

Não há qualquer informação sobre o tema, mas, de fato, o CAP está no mercado atrás de um camisa 9. Até porque o reserva direto de Babi, Renato Kayzer, vem recebendo sondagens de clubes da Europa, em especial de Portugal.