O Vasco foi um dos times da Série B que mais se movimentou nesta janela de transferências que abriu no dia 18 de julho. A equipe que ainda segue na busca de um comandante após demitir o treinador Maurício Souza, que não empolgou em seu início e foi rapidamente mandado embora. 

 

 

Um dos setores que o Vasco mais reforçou nesta janela foi o ofensivo. A equipe do presidente Jorge Salgado assinou com quatro atacantes e isso interferiu em outra negociação. Isso porque segundo informa o portal 'Atenção, Vascaínos!', o atacante Iury Castilho, que estava no Ceará e chegou a ser ventilado no Cruz-Maltino no início do ano, voltou a ser oferecido à equipe Carioca. 

 

 

Mas, como o time acrescentou diversas opções, a diretoria 'passou' a oportunidade: "O fato do Vasco ter contratado Fábio Gomes e estar em vias finais de finalizar a chegada de Bruno Tubarão e Gustavo Maia, jogadores que atuam basicamente na mesma posição que Castilho, teriam deixado o jogador distante de São Januário", afirma o portal 

 

 

Iury Castilho possui apenas 26 anos, e segundo o portal Transfermarkt, é avaliado em 700 mil Euros, o que na cotação atual equivale a cerca de R$ 3,5 milhões. Iury não encaixou na equipe do Ceará, e está 'livre' no mercado. Na web, a torcida do Vasco não era muito favorável a contratação do atacante. 

 

 

"Esse cara é horrível, no ceará é a terceira opção", "Iury Castigo, como é carinhosamente apelidado pela torcida do Vozão", "Chega de refugos", "Não fez um gol esse ano pelo ceará", disseram alguns dos internautas.