arrow_drop_down
search
Foto: Pedro Vilela/Getty Images

Futebol Corinthians

"Aprender mais como é o Corinthians": Após eliminação na Copa do Brasil, Jô desabafa e 'cobra' companheiros

Atacante entrou no segundo tempo do empate diante do Atlético-GO, na Arena, e viu o Corinthians muito exposto no primeiro duelo

Bolavip

Foto: Pedro Vilela/Getty Images

Foto: Pedro Vilela/Getty Images

O Corinthians tenta deixar para trás a má fase e para isso, trocou o comando técnico. Depois de uma queda de rendimento brusca, Vagner Mancini foi desligado do cargo e Sylvinho foi contratado para o seu lugar. O novo comandante também não tem vida fácil e encontra dificuldades em fazer o time jogar, em especial no setor ofensivo.

Em sua estreia, Sylvinho viu o Timão ser derrotado pelo Atlético-GO, na Neo Química Arena, por 1 a 0. Na sequência, novamente contra o Dragão, porém, desta vez em duelo válido pela Copa do Brasil, os paulistas perderam por 2 a 0. Em contrapartida, no último final de semana, o treinador conseguiu sua primeira vitória com a equipe do Parque São Jorge.

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Porém, um banho de água fria veio logo na sequência. Nesta quarta-feira (09), o Timão ficou no 0 a 0 contra o Atlético-GO e foi eliminado da competição em sua terceira fase. Um dos alvos de críticas da torcida é Jô, o experiente atacante que não vive boa fase e entrou no segundo tempo do duelo. Na saída de campo, o veterano desabafou e citou a tática usada por Sylvinho.

"Sabemos dos problemas que temos. É natural pela troca de treinador. O Sylvinho está tentando implantar o estilo de jogo, foi para o quarto jogo, é complicado, mas saímos da Copa do Brasil", analisou Jô à TV Globo. O jogador entende que a eliminação aconteceu já no primeiro jogo, quando o Timão, segundo ele, se expôs demais.

"Acho que nos expomos muito no primeiro jogo, aí vem jogar contra um time fechado, tentando alçar bola na área, fica complicado. Temos que aprender mais como é o Corinthians, como tem que jogar, mas isso é natural. A torcida cobra mais, mas faz parte. É do Corinthians. Temos que aceitar as cobranças e seguir de cabeça erguida, tem o Brasileiro pela frente", concluiu.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.