arrow_drop_down
search
Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Futebol Fluminense

Análise: Fluminense eleva nível e mostra a rival que título do Carioca é bem possível

Para quem se considerava em um nível superior em 2019, o Flamengo vem passando por apuros contra o Fluminense de Odair Hellmann. Mesmo derrotado no duelo de ida da final do Carioca, Tricolor mostrou vários sinais de que a taça ainda está em jogo

Bolavip

Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Neste domingo, às 16h (horário de Brasília), o Fluminense enfrentou o Flamengo no Maracanã pelo primeiro jogo da final do Campeonato Carioca 2020. Com gols de Pedro e Michael, o rival venceu o Tricolor por 2 a 1.

Evanilson marcou o gol tricolor ao aproveitar cruzamento de Egídio, que falhou, por sua vez, no lance que determinou a vitória rubro-negra. O camisa 6 tentou dar o "bote" em Gabigol perto da linha lateral e deixou o atacante servir Michael, que só empurrou para as redes. 

O jogo decisivo será na próxima quarta-feira (15), às 21h. Vale lembrar que o jogo será transmitido pelo SBT. Para o Fluminense, resta somente vencer - por um gol, leva a decisão às penalidades, assim como na Taça Rio. Por dois ou mais gols, leva o troféu do Estadual, que não vem desde 2012. 

ANÁLISE

Mesmo com a derrota, o Fluminense mostrou totais condições de sair com o título na próxima quarta. Em números, foram 15 finalizações do Tricolor contra 9 do rival, que, para muitos, é bem melhor tecnicamente. 

O Flu igualou as diferenças técnicas com muita raça e vontade. No primeiro tempo foi até um pouco abaixo, e diria até que faltou concentração no gol do Flamengo. Erro grande uma jogada do adversário acontecer de forma tranquila no meio de campo quando você está atuando bem atrás.

Após primeiro tempo abaixo da média, Nenê melhorou e ajudou o Fluminense a igualar as ações no Fla-Flu (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE)

Já na segunda etapa, a coisa mudou. O Fluminense "acordou" e conseguiu chegar ao empate e poderia até ter virado a partida. O goleiro adversário foi obrigado a fazer várias defesas importantes. A derrota veio no detalhe, em um contra-ataque bobo. Alguns culpam o Egídio, mas tenho minhas dúvidas se ele não seria expulso caso fizesse uma falta no Gabriel. 

Destaque para as atuações de Dodi, Yago Felipe e Muriel. Marcos Paulo chegou a ir bem na primeira etapa. Nenê também melhorou após o intervalo. Apesar da ausência de Nino, Digão não comprometeu. Atuação bem tranquila. 

Quanto à arbitragem, que muitos reclamaram após o sorteio realizado pela Ferj, foi bem durante a partida. De verdade, só não entendi o pouco tempo de acréscimo, mesmo com 10 alterações no total e diversas faltas na partida. Após a cera do Flamengo, uns minutos a mais não seria um equívoco - e foi disso que a comissão técnica do Flu reclamou. 

Mas foi isso. O Tricolor das Laranjeiras tem totais condições de ser campeão. Resta saber como estará fisicamente. De qualquer forma, estou orgulhoso pela atuação! Pra cima deles! 

Abraços e Saudações Tricolores!

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.