Nesta quinta-feira (24), teremos o quinto dia de Copa do Mundo, mais um dia recheado de muitos jogos para aqueles que amam a futebol, principalmente para os brasileiros, que finalmente irão ver a estreia do Brasil no Mundial, contra a Sérvia, às 16h. Ainda no m esmo grupo da Seleção, o Grupo H, a Seleção Uruguaia entra em campo também, contra a Coreia, às 10h.

O zagueiro Diego Godín concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (23), diretamente do Catar e deu o seu prognostico da partida. Ele relembrou que  a Seleção teve um caminho árduo para chegar ao Mundial: "É compromisso, é amor ao meu país. É o sentimento de pertença ao elenco. Estou ansioso para poder ajudar meus companheiros. Foi um caminho difícil. Atingimos o objetivo. Com as mudanças que ocorreram ao longo do caminho, hoje posso estar ajudando meus colegas. Temos a ideia de vencer".

 

 


Godín também pregou respeito à Coreia, 'implantando' também o seu foco e dos colegas de elenco sobre o jogo:  "O mais importante é focar no primeiro jogo. Respeitamos o rival. Vimos como é difícil o primeiro jogo. Só pensamos em competir e vencer. A Copa do Mundo é um objetivo. O objetivo do Uruguai é sempre vencer".

 

Com passagem recente no futebol brasileiro pelo Atlético Mineiro, o defensor ressaltou que ele está 100% para a disputa: "Consegui me recuperar e treinar normalmente. Eles vão ver Godín. Eles não vão ver o Godín de 20 anos, mas o de hoje. Com outras funcionalidades. Vou me entregar ao máximo. Todo mundo tem sua opinião. Tenho que me dedicar ao que me pertence e é minha responsabilidade".

 

Quem levantará a taça? Dê seus palpites com este simulador da da Copa do Mundo do Qatar 2022  

Baixe o aplicativo Bolavip e acompanhe em tempo real todas as informações sobre a Copa do Mundo 2022