Apesar de alguns sustos, o Brasil superou o Catar na última rodada da primeira fase do Mundial de vôlei masculino, disputado na Eslovênia e na Polônia. Superior, o time brasileiro ganhou por 3 sets a 0, com parciais 25/13, 25/23 e 26/24. A vitória confirmou a invencibilidade do time de Renan Dal Zotto, que garantiu a primeira posição do grupo B. A Seleção aguarda a definição dos outros grupos para conhecer o seu adversário nas oitavas.  

Como foi o jogo

Em ritmo forte, o Brasil não deu brechas ao Catar no começo de jogo. Sob a liderança de Wallace e Lucarelli, a Seleção chegou abrir uma larga diferença de 15/7. Deu tempo ainda para Renan mandar à quadra Bruninho e Felipe Roque numa inversão de jogo. Mesmo tentando uma reação, os asiáticos pouco fizeram: vitória brasileira na primeira parcial por 25/13. 

No segundo set, a história mudou. O Catar apresentava evolução, sobretudo na parte ofensiva com boas viradas de bola. O Brasil retomou a dianteira do placar e abriu 14/9 com Leal. No entanto, alguns erros contribuíram para os asiáticos empataram o duelo. Nem o tempo pedido por Renan surtiu efeito. O Catar liderou o marcador pela primeira vez na partida ao fazer 20/19. O time brasileiro ainda se impôs na hora H e venceu por 25/23. 

O terceiro set voltou a ser marcado pelo equilíbrio entre os times. Com Darlan e Leandro Aracaju nos lugares de Wallace e Lucão respectivamente, o Brasil continuou à frente do marcador, mas com o Catar na cola. Adriano ganhou espaço na posição de Leal, mas não mudou o panorama do jogo: a Seleção Catari empatou em 23/23 quando parou Flávio no bloqueio. Na raça, o time brasileiro arrancou para a vitória por 26/24 e assegurou a primeira posição do grupo.