A bola no estouro do cronômetro de Andrew Newbhard garantiu uma vitória maiúscula do Indiana Pacers sobre o Los Angeles Lakers por 116 a 115, na madrugada desta terça-feira (29). Do lado de LA, uma nova frustração visto que estavam 17 pontos à frente quando restavam dez minutos para o fim da partida. Darvin Ham, técnico do Lakers, assumiu a culpa pela desorganização no último quarto, que causou a derrota em plena Crypto.com Arena. 

"Gostaria que tivéssemos sido mais agressivos e mantido o ritmo no último quarto. Deveríamos mostrar mais organização e, além disso, seguir movimentando a bola. E isso é, certamente, minha culpa. Não vou fugir disso. Essa falta de organização está na minha conta e, por isso, assumo a responsabilidade pelo que aconteceu", soltou Ham, após a derrota. 

Contra o Pacers, o Lakers voltou a produzir menos no último quarto: 22 pontos acertando oito de 22 arremessos, único período em que não ultrapassou os 30 pontos. A derrota freia a ascensão do time de LeBron James que vivia um momento de reação na temporada (cinco vitórias nos últimos seis jogos), sobretudo com boas atuações de Anthony Davis neste mês. 

"Nós não podemos entrar em situações em que simplesmente jogamos a bola para Russell Westbrook e esperamos que faça algo. Todos ficam parados enquanto o veem driblar até o estouro da posse. Ele se vê obrigado, assim, a criar contra a defesa inteira e postada. Isso é muito difícil. E, mais do que isso, é uma grande responsabilidade para ser individualizada", explicou o treinador.

Em 13º no Oeste, com sete vitórias e 12 derrotas, o Lakers volta à quadra contra o Portland Trail Blazers na madrugada desta quinta-feira (1).