Um dos alvos do Corinthians para a zaga, o zagueiro Nicolás Figal não vestirá alvinegro na próxima temporada. Segundo o jornalista César Luis Merlo, da TyC Sports, o defensor disputará a Libertadores, mas por outra equipe. O Boca Juniors deve ser o destino do jogador para a próxima temporada, que pagou uma multa milionária ao time da MLS. 

Em dezembro, Figal foi um dos alvos do Corinthians e o Clube até estudou a contratação do jogador para reforçar o sistema defensivo de Sylvinho, mas o Boca Juniors pagou cerca de 2,6 milhões de dólares (R$ 14 milhões) para contar com o atleta. O contrato será assinado ainda nesta semana e vai ser válido por mais três anos, até a temporada de 2024. 

Figal começou sua carreira no Independiente e fez sua primeira temporada em 2015. No ano seguinte, foi emprestado ao Olimpo, onde fez 17 jogos. Em 2017, retornou ao Rey de Copas e foi campeão da Copa Sul-Americana naquele ano, além da Copa Suruga em 2018. Só em 2019 ele foi vendido ao Inter Miami, Clube que disputa a Major League Soccer e que pertence ao ex-jogador David Beckham. 

Em dois anos pela equipe norte-americana, o jogador participou de 46 partidas, marcando um gol e duas assistências. Em 2022, ele volta ao futebol argentino e terá a chance de ganhar um título argentino, além de ir em busca da Copa Libertadores. O Boca Juniors não vence a competição continental desde 2007, quando bateu o Grêmio em dois jogos, inclusive no antigo estádio Olímpico. 

Para a zaga, o Corinthians trouxe o zagueiro Robson Bambu, ex-jogador do Santos e do Athletico Paranaense, e que estava no Nice, da França. O Timão estreia na temporada pelo Campeonato Paulista contra a Ferroviária, na próxima terça-feira (25), às 21h, na Neoquímica Arena, em São Paulo. O último título do Timão foi em 2019, quando bateu a Ponte Preta.