Catástrofe santista em todo o mundo

O impacto do rebaixamento inédito do Santos para a Série B é notório em todas as partes do mundo. Não somente na América do Sul, mas na Europa e na Ásia, são vários os veículos que repercutiram a queda do eterno time de Pelé.

Raphael Veiga se sensibilizou com sofrimento do Santos rebaixado para a Série B – Foto: Ettore Chiereguini/AGIF
© Ettore Chiereguini/AGIFRaphael Veiga se sensibilizou com sofrimento do Santos rebaixado para a Série B – Foto: Ettore Chiereguini/AGIF

LEIA TAMBÉM:
Pode ajudar o Santos: Textor tem atitude polêmica nos bastidores e pede reviravolta

A madrugada na Baixada foi tensa. Nos arredores da Vila Belmiro, carros e até ônibus foram incendiados por torcedores inconformados com o desempenho pífio dentro das quatro linhas.

Nos bastidores, vários jogadores devem deixar o Peixe, até porque o orçamento para 2024 será bem mais modesto. A ‘barca’ na Vila Belmiro deve ter, no mínimo, 10 saídas até o fim do mês.

E é claro que a má sorte no Brasileiro fez o Santos virar piada dos rivais. Na chegada à Academia de Futebol, já de manhã em São Paulo após o título brasileiro, o elenco do Palmeiras tirou sarro do Peixe com músicas provocativas junto da torcida.

Veiga se solidariza com o Peixe

Há pouco, todavia, o meia Raphael Veiga teve uma postura diferente que surpreendeu em entrevista coletiva no Prêmio ‘Bola de Prata”, dos canais Disney. Não se importou em falar na frente de milhões de palmeirenses e se solidarizou com o Peixe.

“Talvez a torcida do Palmeiras vai ficar brava comigo, mas o Santos é um gigante do Brasil. Lógico que é um rival, então a gente fica, não vou falar a palavra ‘feliz’, mas é algo que deixa a gente impressionado. É um time que nunca tinha caído, né”, declarou Veiga.

Marcelo Fernandes deve permanecer no Santos em 2024?

Marcelo Fernandes deve permanecer no Santos em 2024?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

“Mas é por isso que falo: para a gente ser o melhor, precisamos vencer os melhores. O Santos é uma grande equipe, mas tem essas coisas que acontecem no futebol”, completou o meia do Palmeiras.

O que a torcida do Peixe está falando?