No início da temporada, o Santos manifestou interesse na contratação do volante Ronald, do Fortaleza. Segundo matéria do GE, o Peixe queria o jogador de 25 anos por empréstimo até o fim do ano, porém o Leão do Pici recusou de prontidão a oferta. Em entrevista há pouco ao jornal "O Povo", o próprio meio-campista admitiu a consulta do Alvinegro Praiano. 

Ronald revelou que recebeu a consulta oficial do Santos por Edu Dracena, ex-diretor executivo de futebol do Clube. Além disso, o São Paulo foi atrás das condições de negociação do volante, que tem vínculo no Leão até dezembro de 2024. 

O volante tem sido um dos atletas mais utilizados pelo técnico Juan Pablo Vojvoda. Na última temporada, ele atuou em 33 partidas pelo time cearense, principalmente, na reta final do Campeonato Brasileiro. Já neste ano, já foram 32 jogos disputados, sendo que há a reta final da Série A e a Copa do Brasil, em que o Leão tenta virar a eliminatória contra o Fluminense. 

No caso do Santos, a chegada de um volante era prioridade da direção nesta janela de transferências. Alison e Diego Pituca ficaram próximos de um retorno, mas as tratativas não avançaram. Hoje, o técnico Lisca tem utilizado Vinícius Zanocelo, o uruguaio Rodrigo Fernández e o experiente Carlos Sánchez como titulares no setor.