O goleiro Jandrei, que chegou ao Santos em agosto, finalmente vai estrear pelo Peixe, e logo em uma partida que pode ser decisiva para a sequência do campeonato: duelo contra o Sport, rival direto na luta para fugir da zona de rebaixamento, no próximo domingo, fora de casa, às 20h30.

O atleta de 28 anos não atua há um ano, desde 14 de outubro de 2020, quando defendia o Athletico Paranaense. Ao site oficial do Santos, ele comentou sobre a primeira partida pelo clube alvinegro. "Toda estreia gera uma ansiedade, né!? Mas eu estava trabalhando forte para estar pronto quando esse momento chegasse, e agora vou buscar ajudar meus companheiros da melhor maneira possível", disse.

Jandrei também comentou sobre a disputa por vaga com João Paulo. O titular tem se destacado, mas estará fora da partida por suspensão. "O ambiente dos goleiros tem que ser sempre de união. A gente sabe que só um joga e é difícil trocar, então temos que sempre puxar o outro para cima, para que assim todos nós cresçamos juntos", afirmou. Hoje o João é o titular, mas nós sempre nos ajudamos. E o Arzul (preparador de goleiros) é um cara muito qualificado e deixa todos sempre preparados para entrar nos jogos", completou.

O camisa 93 terá a missão de defender o gol do Peixe em um confronto difícil, mas está feliz por isso. "É bom demais fazer estreia em jogo grande, né!? Vai ser uma final, uma partida de seis pontos", disse. "Temos que entrar com tudo desde o início para sair de lá com essa vitória, assim nos distanciamos um pouco da zona de rebaixamento e podemos começar a buscar coisas maiores dentro da competição", finalizou.

O Santos tem 28 pontos em 25 jogos, e ocupa a 16ª colocação -- a primeira fora do Z4, à frente do Bahia, com 27 pontos, e do próprio Sport com 26. O time pernambucano, porém, tem um duelo a mais do que a equipe de Carille.