O poker é um esporte fascinante, qualquer um pode começar a jogar e se divertir, encarar o jogo como um entretenimento gostoso e emocionante, além de uma ótima interação entre amigos. Mas tem as pessoas que levam esse esporte da mente a série, como uma verdadeira profissão e fonte de renda, no entanto, para isso é preciso muita dedicação e estudo.

Se você já joga poker tem algum tempo, porém sente que está estacionado em um nível mediano, não consegue evoluir, preparamos algumas dicas que podem ajudar. A primeira delas diz respeito a pensar em range dos adversários e não somente em uma mão que o vilão pode possuir. Isso pode ajudar bastante a calcular as probabilidades de uma rodada.

A outra fica diz respeito a uma mão favorita. Todo jogador de poker possui uma e geralmente ela é considerada marginal, como T3 ou um 97. Para evoluir no jogo é preciso abandonar essa superstição. É claro que em algumas oportunidades como quando estiver em posição, em potes jogados mano a mano é possível entrar com esse tipo de mãos, mas em posições iniciais é melhor nem pensar em arriscar.

Seguindo nesse processo de evolução adote uma estratégia consistente. Não faz sentido se tornar um calling station no meio do torneio, ou entrar com mãos marginais só porque está entediado. Caso queira variar a sua postura na mesa sempre tenha um motivo bem fundamentado, talvez porque tenha percebido que os outros jogadores estão muito tight ou ainda porque a sua imagem está favorável para blefar.

Por fim, algo que diferencia os profissionais dos amadores é a capacidade de foldar os famosos pares ainda que acima do board, como o AA. Especialmente no poker live é fundamental priorizar pela vida no torneio e é completamente normal descartar um grande par caso sinta que o adversário possui uma mão melhor. O conselho é desapegar e tentar aumentar a pilha de fichas aos poucos.