Para aqueles que ainda não estão acostumados com alguns termos do poker a expressão tells pode assustar, até parecer que é algo de comer, mas ela nada mais é do que o nome dado aos sinais transmitidos involuntariamente pelos jogadores. Mãos suando, olhar distante, ombros arqueados e respiração ofegante são apenas alguns do tells mais comuns no poker live.

A importância dessas ações em um torneio é grande, tendo em vista que o poker é um jogo de informações incompletas. Muitas vezes uma decisão difícil pode se tornar mais fácil por conta da percepção de algum tell que indique força ou fraqueza na jogada. Contudo, para se tornar um expert nessa arte é preciso exercitar algo muito importante.

Ser um bom observador, mesmo quando não está na jogada é a melhor maneira de identificar tells. Somente assim, e quando as cartas dos oponentes são reveladas, você pode constatar alguns padrões físicos nos jogadores. Por exemplo, um determinado jogador pegou AA, ele estava agitado na cadeira, provavelmente isso sempre acontece quando ele recebe mãos fortes, a tendência é o padrão se repetir.

Quem está acostumado somente com o poker online deve imaginar que nesse segmento não existem tells, mas não é verdade. Quando o jogo é disputado nas telas do computador é preciso prestar atenção no padrão de apostas dos atletas e principalmente no tempo que eles demoram para agir. Além disso existem softwares como o HUD que ajudam a traçar o perfil dos adversários através de um banco de dados das mãos que ele disputou.

Já sabemos que os tells são uma importante arma do poker, mas é preciso deixar um alerta. Não confie cegamente em um padrão ou gesto notado nas mesas. Alguns jogadores mais experientes costumam forçar uma reação justamente para induzir o erro aos adversários. O segredo para o sucesso nessa lição é observar muito bem e lembre-se: o corpo fala.