Faça o teste, ao chegar em uma mesa de poker em qualquer clube, pergunte qual torneio os atletas gostariam de disputar. Certamente a resposta é qualquer um da WSOP, a copa do mundo de poker. Jogar pela primeira vez um evento desses é uma sensação indescritível, agora debutar nesta competição logo com um título é coisa para poucos.

Anthony Koutsos fez exatamente isso. Agente imobiliário de São Francisco ele joga poker há 9 anos, mas só em 2021 foi para Las Vegas disputar um torneio da WSOP. A disputa escolhida foi o Evento #35 US$ 500 Freezeout No-Limit Hold´em e para surpresa de todos o estreante ficou com o primeiro lugar entre 2.930 participantes para ser premiado com US$ 167.272, além do bracelete de campeão mundial de poker.

O heads-up foi contra o canadense Charbel Kanterjian e só o mano a mano final durou cerca de 3 horas, com os dois jogadores alternando na liderança das fichas. “O heads-up foi muito divertido, todas as idas e vindas pareciam um jogo em casa”, disse Koutsos que antes dessa premiação tinha pouco mis de US$ 5.000 em ganhos.

"O dinheiro não significa muito, era mais sobre a competição e a vontade de vencer", comentou o vencedor que antes dessa cravada tinha apenas US$ 5 mil em ganhos. O torneio foi disputado em dois dias e gerou uma premiação total de US$ 1.232.000, sendo que apenas 440 jogadores entraram na zona do dinheiro.

Único não americano na mesa final, o segundo colocado levou uma recompensa de US$ 103.402. O pódio ficou completo com a presença de Dongsheng Zhang, premiado com a medalha de bronze e US$ 77.600. O quarto lugar foi Jonah Lopas, ele recebeu US$ 58.685, além dele Sundiata Devore (US$ 44.725) e Jacob Rich (US$ 34.353) levaram boas premiações.