Em época de Olimpíadas os brasileiros vibram e torcem pelos atletas que representam as cores do nosso país no maior evento esportivo do mundo. Quando o negócio é no poker, a torcida brasileira também faz bonito. Nos corredores e nos salões da WSOP existe um consenso, ninguém faz festa como os brasileiros.

E quando um jogador tupiniquim está em uma mesa final valendo um bracelete da WSOP surge um personagem bem conhecido. Vestido com uma fantasia de Scooby-doo, Igor Marani geralmente é o animador da torcida brasileira em Las Vegas. Ele esteve presente no rail de Bruno Foster durante a mesa final do Main Event de 2014 e chamou a atenção de todos.

Na oportunidade, inclusive, Bruno Foster fez questão da presença do amigo chamando as cartas dele em todas a reta final. O personagem ganhou fama internacional e passou a se fazer presente em outras edições da série, figurando inclusive nas fotos da conquista do bracelete de Thiago Decano em 2015.

Os brasileiros não estão nem aí se o poker é um esporte da mente e exige silencio e concentração. Muitas vezes a torcida verde e amarela no poker acredita que está em um estádio de futebol e produz cantos e rimas que os gringos não entendem nada, mas são bem divertidos, com toda a animação que nos é peculiar.

Mas engana-se quem pensa que Igor Marani está nos torneios só pra torcer para os amigos. Ele também é jogador profissional de poker, com grandes resultados no circuito paulista, brasileiro e latino-americano. A especialidade dele é o Omaha, além de ser amigo de todos os atletas da mente tupiniquim. O Scooby-doo está sempre na torcida.