Faltando 10 dias para encerrar as inscrições para o Mundial de Clubes, o Palmeiras ainda corre atrás de um centroavante para o técnico Abel Ferreira. Mesmo já efetuado a contratação do ex-botafoguense Rafael Navarro, o treinador do Alviverde junto com a torcida conseguiram convencer Leila Pereira e Anderson Barros que é preciso um 9 que tenha mais rodagem para ser o titular do time bicampeão consecutivo da América. 

O nome da vez é do argentino Lucas Alario. Depois de uma negativa por parte do jogador, o Alviverde conseguiu nos últimos dias convencer o atleta a jogar no maior campeão do Brasil. A diretoria estava otimista, mas nessa sexta-feira (14), o Bayer Leverkusen recusou a primeira oferta do clube paulista que era um empréstimo sem custos e com opção de compra de 6.2 milhões de euros. 

 

 

Agora, a pedido de Abel, Anderson Barros prepara uma contraproposta para oferecer ao clube alemão e enfim, encerrar a novela. Caso as tratativas não tenham um final feliz nos próximos dias, o diretor palmeirense já definiu o novo alvo. Trata-se de Augustin Alvarez, do Peñarol. O uruguaio já vinha sendo monitorado pelo atual bicampeão da América, mas a falta de experiência até então o colocou como uma das últimas opções da equipe palmeirense. A informação é do jornalista Bruno Andrade, do Uol Esporte.

 

 

 

 

O Penãrol, que também estará na Libertadores não facilitará em uma possível negociação e até por isso, o clube embora ainda pense em Alario como plano A já começa a estudar estratégias para enfim ter o seu camisa 9 para o Mundial. 

 

Augustin Alvarez foi destaque do Penãrol na última edição da Copa Sul-Americana e ficou famoso no Brasil após marcar três gols contra o Corinthians. O atacante é especulado em grandes times da Europa e para tirá-lo do time uruguaio, Leila Pereira precisa pelo menos desembolsar 15 milhões de dólares.