Nesta quarta-feira (20), o Palmeiras venceu o Ceará, fora de casa, por 2 x 1. Com o resultado, a equipe ainda sonha com o título do Campeonato Brasileiro, estando na 3ª colocação, com 46 pontos conquistados. Após a partida, Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva. 

Abel Ferreira questionou a atuação do VArR, que anulou dois gols: "O gol, na minha opinião, é limpo. Gostaria de perguntar pra TV e para o VAR. Por que em determinados jogos há linhas e outros não? E depois, VAR, quando para a imagem é depois da bola sair do pé do Scarpa ou no momento que ele toca na bola? Pra mim, gol limpo".

Logo depois, afirmou que o jogo é dos jogadores e não dele: "Eu não vim daqui, vim de fora. Sou da Europa e tenho as minhas ideias. Jogamos bem, jogamos mal. Mas volto a repetir: o jogo ainda pertence aos jogadores e não aos treinadores."

Ainda questionou o jogador brasileiro: "O jogador brasileiro só joga 50%. Só joga na parte ofensiva, só quer bola. O jogo é 50% atacar e 50% defender. Quando junta tudo, os times brasileiros são muito competitivos. Tem muita qualidade. É por isso que os jogos aqui são difíceis".

Por fim, ainda revelou uma conversa com os atletas: "Eu perguntei para o elenco por que eles decidiram ser jogadores de futebol. Por que? Há um motivo. Aquela coisa redondinha que todo mundo gosta".