Nesta sexta-feira (13) Abel Ferreira foi alvo de uma cutucada gratuita, com direito a ironia e afirmação de que os técnicos estrangeiros têm privilégios no futebol brasileiro. Em entrevista à Rádio Grenal, o técnico Mano Menezes comentou a postura do comandante palestrino da seguinte maneira: “Quanto ao comportamento, achei que estava meio exagerado. Aí, fiquei olhando o Abel Ferreira, do Palmeiras, e virei um juvenil em termos de reclamação. Mas, como a tolerância é maior com quem vem de fora, a coisa andou mais normalmente”.

Entretanto, um defensor improvável comprou a briga de Abel. O apresentador Neto, rasgou o verbo sobre a fala de Mano Menezes, apontando que o técnico do Verdão merece respeito pela breve, mas vitoriosa trajetória que construiu no Brasil: 

“Mano Menezes, você é mesmo muito juvenil perto do Abel Ferreira. Jamais vai ganhar o que ele ganhou. Como treinador, você só fez trabalhos ruins e não monta time nenhum. O Abel reclama também (da arbitragem), mas você querer tirar sarro dele… Não chega aos pés do Abel Ferreira!“, cravou Neto na rádio Bandeirantes.

O ex-jogador ainda aproveitou para mexer no passado e expor que o atual técnico do Internacional é um antigo desafeto seu: “O Mano Menezes veio aqui na Rádio Bandeirantes e eu nem olhei na cara dele! Eu não gosto dele. Não gosto de gente que não se identifica (com os outros). Não gosto de pessoas que não fazem bem para os outros. Não gosto de pessoas que só são amigas de determinadas pessoas e estão com frases prontas. Eu não gosto de traíra!”, disparou Neto.