O chefe da equipe Red Bull da Fórmula 1, Christian Horner, disse nesta sexta-feira (24) que Lewis Hamilton está sob “muito mais pressão” que o oponente Max Verstappen, dois dias antes do GP da Rússia.

 

 

“Acho que Lewis tentando conquistar seu oitavo título está sofrendo mais pressão do que Max buscando o primeiro”, disse Horner sobre o piloto britânico que está em segundo lugar, atrás de Verstappen, quem lidera o campeonato, por uma diferença de cinco pontos em 14 das 22 corridas disputadas.

 

 

Aos 36 anos, Hamilton pode recuperar a liderança da F1 no Circuito de Sochi, na Rússia, com seu companheiro Valtteri Bottas e com a vantagem de correr num circuito onde a Mercedes venceu sempre, desde a primeira corrida, em 2014.

 

 

 

 

Os rivais esquentaram o clima pré-GP nessa quinta, quando Hamilton falou que sabia por experiência o tamanho da pressão que o piloto holandês estava sentindo por buscar seu primeiro título; Verstappen, por sua vez, se disse “muito frio” e afirmou que estava gostando da disputa.

 

 

 

 

 

GP da Rússia

 

O Grande Prêmio da Rússia se dará neste domingo (26), pela manhã, no Autódromo de Sochi.