Heptacampeão mundial da Fórmula 1, categoria pela qual já corre há quinze temporadas, Lewis Hamilton falou sobre o sonho de correr pela Ferrari em entrevista ao periódico italiano Corriere dello Sport. Ele pontuou que qualquer piloto tem por meta integrar a equipe italiana, mas que não sabe como isso não se concretizou em sua carreira.

 

 

 

“Durante anos, quando vinha para Monza, caminhando ao lado dos fãs, eu podia ouvi-los dizendo: ‘Venha para a Ferrari!’ Isso aqueceu meu coração. É incrível que em todos esses anos eu nunca tenha pilotado pela Ferrari”, contou o piloto, quem acredita que correr com uma Ferrari é uma meta comum para quem integra a F1:“é uma meta a ser alcançada, mas não foi realmente possível. Nunca vou saber exatamente por quê”, afirmou o britânico.

 

 

 

 

O tempo de Fórmula 1

 

 

O piloto britânico estreou na Fórmula 1 pela McLaren, em 2007, e posteriormente, em 2013, migrou para a Mercedes, pela qual corre até então. Com isso, já são quinze temporadas e sete títulos mundiais.

 

 

Em todo esse tempo, ele nunca correu com outro motor que não fosse da Mercedes, apesar de já ter demonstrado várias vezes, fora das pistas, sua afeição pela Ferrari. Chegou a existir rumores de sua ida para a equipe italiana, mas ficou só nisso.

 

 

 

Por fim, na entrevista ao jornal italiano, o piloto da Mercedes se mostrou “conformado” com a não concretização do sonho e alfinetou: 

-- Desejo-lhes o melhor e em um futuro próximo vou continuar a impedi-los de vencer o campeonato mundial. -- e prosseguiu. -- Tenho algumas Ferrari em casa. Posso dirigi-las, mas não a Ferrari F1.