arrow_drop_down
search
Donato Sabia foi medalhista de ouro no Campeonato Europeu indoor em Gotemburgo, na Suécia - (twitter/Coninews)

Notícias Coronavírus

Morre na Itália finalista olímpico vítima do coronavírus

Donato Sabia tinha 56 anos e foi finalista em duas edições olímpicas junto com o brasileiro Joaquim Cruz

Bolavip

Donato Sabia foi medalhista de ouro no Campeonato Europeu indoor em Gotemburgo, na Suécia - (twitter/Coninews)

Donato Sabia foi medalhista de ouro no Campeonato Europeu indoor em Gotemburgo, na Suécia - (twitter/Coninews)

Morreu nesta quarta-feira (8), o ex-atleta italiano Donato Sabia, de 56 anos, em decorrência do coronavírus. Duas vezes finalista, o esportista foi contemporâneo de Joaquim Cruz e deixou sua marca nos Jogos Olímpicos de Los Angeles em 1984 e em Seul, em 1988, onde concluiu a prova de 800 metros em quinto e sétimo lugar. O brasileiro nessa ocasião, recebeu a medalha de ouro na primeira e de prata, respectivamente. 

 


Segundo o Comitê Olímpico Italiano (CONI), Sabia esteve alguns dias internado na unidade de terapia intensiva no hospital San Carlo, em Potenza, no sul da itália. O pai do ex-atleta faleceu no final de março também em decorrência do coronavírus .

Donato Sabia - (Foto: Getty Images)

 

No atletismo o italiano foi medalhista de ouro no Campeonato Europeu indoor em Gotemburgo, na Suécia, em 1984 e seis vezes campeão nacional nos 400m e 800m. Sabia é o primeiro finalista olímpico vítima do Covid-19, doenca que castiga o mundo inteiro, especialmente a Itália, que já conta com mais de 132 mil infectados e 17.127 mortes.


"Um atleta extraordinário, talentoso, mas, acima de tudo, uma pessoa gentil", com essas palavras  a Federação Italiana de Atletismo (FIDAL) descreveu o atleta. 

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.