LeBron James é certamente um dos maiores da história do basquete, ao lado de Michael Jordan e Kobe Bryant. Agora, além de astro, é bilionário. Segundo o jornalista Kurt Badenhausen, do site "Sportico", o camisa 6 do Los Angeles Lakers se tornou o primeiro atleta da NBA a atingir a marca de US$ 1 bilhão em ganhos enquanto ainda está em atividade.

O lançamento do filme “Space Jam: um novo legado”, no qual o quatro vezes campeão da maior liga de basquete é o ator principal, foi o ponto final para que LeBron atingisse os dez dígitos. Apesar do grande feito, se quiser dobrar a quantia, ainda terá um longo caminho pela frente. Michael Jordan é um nome que chegou aos US$ 2 bilhões, porém foi após sua aposentadoria.

Floyd Mayweather, no boxe, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, no futebol, Tiger Woods, no golfe, e Roger Federer, no tênis, são outros atletas, de outros esportes, ao redor do mundo, que também ganharam US$ 1 bilhão, juntando salários e outros recebimentos, como publicidades e patrocinadores, lembrou o portal "Yahoo".

Durante a carreira, de 2003 até o momento, King James recebeu aproximadamente cerca de US$ 330 milhões em salário. Já com comerciais e anúncios, a bolada soma um total de US$ 770 milhões. Além disso, ainda tem o faturamento com os patrocinadores fixos. Marcas como Nike, Pepsi, GMC e outras, pagam cerca de US$ 100 milhões anualmente para usar a imagem do atleta.

Já entre os jogadores da National Basketball Association (NBA), o site "Sportico" listou alguns outros atletas que podem em breve bater a marca bilionária, a exemplo de Kevin Durant - atualmente no Brooklyn Nets-, de 32 anos, que já ganhou US$ 580 milhões, e Stephen Curry - do Golden State Warriors -, de 33 anos, com US$ 430 milhões.