O nadador Bruno Fratus fatura a medalha de bronze na noite deste sábado nos 50m livre, em sua terceira olimpíada, com 21.57. O primeiro lugar ficou com o americano Caeleb Dressel (21.07) e a medalha de prata ficou com o francês Florent Manaudou, que ficou apenas 0.02 à frente do brasileiro.



"Estava entalado desde 2011, meu primeiro mundial, depois 2012. Olimpíada do quase. Depois do Rio, principalmente. Foi um grito de finalmente. Finalmente medalhista olímpico. Realizei meu sonho de 11 anos de idade. Não teria sido sem o suporte, amor e amizade de torcida de todo mundo que está até agora do meu lado, que não abriu. Não teria sido sem a palavra de quem duvidou, também. Essa é para vocês", disse o atleta.


O nadador teve chances de ser medalhista olímpico anteriormente, ficando em quarto e sexto, em Londres-2016 e na Rio-2016, respectivamente. Depois da frustração com os resultados, Bruno começou a se consolidar como um dos principais atletas na prova de velocidade na natação. Ficou em segundo lugar, conquistando duas pratas, nos Mundiais da modalidade em 2017 e 2019.



Bruno Fratus, de 32 anos, foi o último nadador brasileiro a cair nas piscinas de Tóquio. Além dele, Fernando Scheffer foi o outro atleta do Time Brasil que conquistou o pódio. Ficou em terceiro lugar na prova dos 200m livre.