Barros abre o jogo sobre possíveis chegadas de Michael e Valdivia ao Palmeiras

Notícias: Mais notícias

Notícias Palmeiras

Barros abre o jogo sobre possíveis chegadas de Michael e Valdivia ao Palmeiras

Apresentado nesta quinta-feira, Anderson Barros comentou as especulações envolvendo o clube no mercado da bola de olho na temporada 2020

Bolavip

Barros abre o jogo sobre possíveis chegadas de Michael e Valdivia ao Palmeiras

Barros abre o jogo sobre possíveis chegadas de Michael e Valdivia ao Palmeiras

A quinta-feira (19) foi marcada por novidade na Academia de Futebol. Ex-Botafogo, Anderson Barros foi apresentado oficialmente como novo diretor de futebol do Palmeiras, suprindo o lugar deixado por Alexandre Mattos. O dirigente, logo de cara, tratou de questões importantes envolvendo o planejamento alviverde para o ano de 2020 e explicou a estratégia do clube no mercado.

O Palmeiras terá como meta contratar jogadores com potencial para vestir a camisa, mas antes de ir em busca de novos nomes, avaliará o atual grupo e promessas base. "Quando falamos em contratações, ela precisa ser extremamente estratégica e que todos os atletas tenham potencial imediato de ser titular. Precisamos estar sempre comparando e avaliando o potencial dos nossos atletas. Exemplo do próprio Veron, do Gabriel Menino... não adianta trazer atletas iguais a esses. Não é a razão dos nossos atletas. Vamos buscar e monitorar o mercado, mas precisamos buscar quais os atletas precisam ser titulares", analisou.

Eduardo Barros foi questionado a respeito do atacante Michael. Eleito como a revelação do Campeonato Brasileiro, o jogador do Goiás está sendo disputado no mercado e também desperta o interesse do rival Corinthians. O rival paulista já realizou propostas na casa dos R$ 22 milhões ao Esmeraldino, que faz jogo duro e cobra o valor da multa rescisória, de R$ 50 milhões

Michael: revelação do Brasileirão

"O Michael teve um destaque nesta temporada, mas temos que entender esse processo. Temos atletas na base com potencial tão grande quanto. E temos que entender seria a contratação de Michael. Como qualquer outra contratação. O Veron é de potencial muito grande e joga nesta posição. O Michael é destaque do Brasileirão deste ano, sim, mas temos que estar equilibrados. Ter competividade nas negociações, é muito importante", analisou Barros.

Nesta semana, os torcedores palmeirenses se agitaram após o chileno Valdivia encerrar seu contrato com o Colo Colo. Aos 36 anos, o meio-campista está livre no mercado e voltou a ter seu nome vinculado ao clube. "Valdivia é um ídolo da torcida, tem a sua história, mas ainda é uma situação distante. Tudo aqui a gente discute no dia a dia para tomar a melhor decisão para o departamento", completou o diretor. 

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.