Um novo ano no Vasco

O Vasco vai começar a reformulação no elenco após a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. O treinador Ramón Díaz já mandou a letra na coletiva que o Gigante não tem que passar por isso de novo.

Dono do Vasco
Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
Dono do Vasco Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

“O Vasco é um time grande. Não tem que passar nunca mais por essa situação. Tem que ter mentalidade de equipe grande”, disse o comandante na última entrevista coletiva após vitória em cima do Bragantino.

Horas depois, a 777 tomou uma decisão muito importante pensando na próxima temporada: demitiu Paulo Bracks. Ele foi mandado embora, conforme trouxe o jornalista Tébaro Schmidt, do Globo Esporte.

O dirigente foi comunicado na manhã de hoje (7) e não faz mais parte de nenhum cargo do Clube. A torcida já estava cobrando bastante o diretor muito antes da reta final do ano e ficou feliz com essa decisão.

Demissão e justificativa

De acordo com o GE, a 777 tem o entendimento que o ano ficou muito longe do objetivo do Clube. Por mais que tenha permanecido na Série A, isso foi classificado como muito pouco por todo o investimento feito.

Os donos do Vasco investiram mais de R$ 110 milhões na montagem do elenco e quase nada deu certo. Paulo Bracks já estava com a imagem desgastada meses atrás e só bastou o fim da temporada para sua demissão ocorrer.

Globo Esporte também destaca que a 777 tem pressa para definir um novo substituto. Ainda não há um profissional definido, mas nomes com certeza serão debatidos nas próximas horas em São Januário.