A Copa Libertadores feminina é disputada desde 2009 e é considerada uma das principais competições do segmento. Com boas participações, o Brasil domina o ranking de times que mais conquistaram a competição desde o início do torneio. 

Já são dez edições que as donas sul-americanas foram brasileiras. As atuais campeãs são as meninas da Corinthians. Com um troféu cada, Chile, Paraguai e Colômbia completam a lista. 

O São José de São Paulo é o maior vencedor da história da Copa Libertadores, com três títulos. Em 2021, o Timão conseguiu igualar o feito e também tem três conquistas, um dos troféus foi conquistado quando o clube tinhe parceira, em 2017, com o time do Audax, de Osasco.

 

 

Campeões da Copa Libertadores feminina: 

2009 - Santos

2010 - Santos

2011 - São José

2012 - Colo-Colo (CHI)

2013 - São José - SP

2014 - São José - SP

2015 - Ferroviária - SP

2016 - Sportivo Limpeño (PAR)

2017 - Corinthians/Audax

2018 - Atlético Huila (COL)

2019 - Corinthians

2020 - Ferroviária - SP

2021 - Corinthians 

Equipes com mais títulos conquistados: 

São José - SP - 3
2011, 2013, 2014

Corinthians - 3
2017 (parceira com o Audax), 2019

Santos - 2
2009, 2010

Ferroviária - 2 
2015, 2020

Colo-Colo (CHI) - 1
2012

Sportivo Limpeño (PAR) - 1
2016

Atlético Huila (COL)- 1
2018