Após o fim do Campeonato Goiano, o Atlético-GO agora vira seu foco para duas competições de mais 'peso' na temporada, a Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro. Na primeira, o Dragão estreou com o pé direito nesta terça-feira (5), após golear a LDU Quito por 4 a 0. A partida foi completamente dominada pelo time do Treinador Umberto Louzer, que ficou satisfeito com o desempenho da equipe. 

 

 

Porém, apesar de mostrar nesta última partida que possui um time muito forte e capacitado de dar muito trabalho na competição, o Atlético não está 'satisfeito' com o elenco e quer ainda mais peças para se manter competitivo na temporada. Um dos nomes mais ventilados na lista de 'alvos' do Clube, é o do zagueiro Camutanga, do Náutico. O próprio empresário afirmou que houve conversas entre ambas as partes, mas o acordo terá que ficar para o futuro. 

 

 

"Ele vai ficar. O Náutico tinha um acordo com o Atlético-GO para liberar após o estadual. Mas a competição se prolongou e as inscrições ficaram curtas. O Náutico teve problemas com João Paulo e Wellington machucados, e Rafael Ribeiro indo para o Vitória. Então, hoje só tem Camutanga, Carlão e Índio. Por isso o negócio vai ficar para o futuro. O acordo que o presidente Diógenes Braga tinha com o Atlético-GO não vai ser cumprido", expôs o empresário. 

 

 

A janela de transferência do Brasil, fecha na próxima segunda feira (12), e como o Náutico ainda participa do Campeonato Pernambucano, o jogador não será liberado a tempo de ser inscrito em uma nova equipe. Porém, nesta sua nova declaração o representante do jogador acabou confirmando a ida do jogador ao Dragão, mas agora se torna apenas uma questão de tempo. 

 

O próximo período de transferência é apenas em julho deste ano, que é quando Camutanga vai poder se juntar ao Atlético-GO. É óbvio que até lá, muita coisa vai acontecer ainda no futebol, mas é esperado que o Dragão mantenha contato com o Náutico, pois o setor defensivo do time goiano é a parte que mais precisa de reforços.