O Santos passa por uma reformulação depois da última temporada, que foi agitada em muitos sentidos. O clube ficou por um bom tempo proibido de fazer contratações devido a um bloqueio da Fifa por causa dedívidas, uma delas foi pela aquisição do zagueiro Cléber Reis junto ao Hamburgo, da Inglaterra. A nova diretoria conseguiu se livrar da proibição.

Foto: Ivan Storti/Santos FC
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Ainda buscando sanar outros débitos, o Peixe está próximo de anunciar a venda de Luan Peres ao Olympique de Marselha, da França. O defensor foi um pedido do ex-técnico do Alvinegro, Jorge Sampaoli, que hoje comanda a equipe francesa. O jogador, inclusive, enviou um vídeo para o um torcedor e se “despediu” do clube, afirmando que se tratava de uma proposta irrecusável.

Foto: Ricardo Saibun/Santos FC

Foto: Ricardo Saibun/Santos FC

Ainda não foi confirmadoos valores envolvidos na negociação do defensor, mas a imprensa francesa informa que as cifras giram em torno de4,5 milhões de euros (R$ 27,7 milhões na cotação atual). Além desse montante, o Santos deve embolsar uma quantia “inesprada”. De acordo com o jornalistaGianluca Di Marzio, Felipe Anderson voltará para a Lazio, da Itália.

Ainda segundo Di Marzio, a transferência foi concretizada em 3 milhões de Euros (cerca de R$ 18,7 milhões), além de 50% de participação em uma venda futura. Com o mecanismo de solidariedade da Fifa, a venda do Menino da Vila dará ao Santos o direito de receber 4% desta quantia, que seria equivalente a R$ 750 mil.

Na temporada passada, Felipe Anderson foi emprestado pelo West Ham, da Inglaterra, ao Porto, de Portugal. Porém, o meia não teve tanto sucesso no clube português. Inclusive, o presidente Andrés Rueda disse ter feito uma consulta pelo jogador, mas que não houve avanço devido ao alto salário do atleta, que seria na casa dos R$ 1 milhão.