arrow_drop_down
search
Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

Futebol Vasco

Vasco vence, mas Cabo se enfurece com arbitragem: “como mudam a decisão minutos depois sem VAR?”

Partida não contou com VAR e anulação do gol de Pec foi muito questionada por Marcelo Cabo

Bolavip

Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

Nesta quarta-feira (9), o Vasco enfrentou o Boa Vista em São Januário e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil ao empatar em 1 a 1. Após a partida, o técnico Marcelo Cabo concedeu entrevista coletiva e se disse feliz com a postura do Gigante da Colina em campo, principalmente no setor ofensivo. Para o treinador, os jogadores assimilaram os apontamentos depois do empate contra a Ponte, pelo Campeonato Brasileiro.

“Houve uma entrega de Vasco da Gama hoje, pegamos time super organizada, tivemos boa chances e não concluímos em gol. Eles fizeram gol, então, baixaram a linha. Tivemos dificuldade em circular a bola, mas mesmo assim criamos as chances e faltou calma para chegar ao empate. A entrada do Marquinhos Gabriel me deu a opção para ganharmos mais volume. A troca de lado do Pec e do Jabá foi fundamental. Tivemos mais profundidade. Pec fez um gol, legítimo, e depois teve a jogada do Jabá para o gol. Na minha opinião, saímos com a vitória. Vamos continuar construindo o time. Saio feliz”, destacou o treinador.

Marcelo Cabo também detalhou sua análise sobre o desempenho da equipe e defendeu seus jogadores: “Acho que tivemos o controle do jogo, boas transições. Temos que melhor o acabamento final. A equipe conseguiu entrar 45 vezes no terço final do adversário. Precisa melhorar o acabamento. Fomos intensos e tivemos o controle do jogo. Concordo que no primeiro tempo oscilamos um pouco. No segundo tempo fomos absolutos. Foram 25 finalizações do Vasco. Nós criamos, fomos intensos, jogamos a maior parte do jogo no campo do Boavista. Precisamos ter mais tranquilidade no terço final”, pontuou.

A partida de São Januário não contou com o VAR. Sem a avaliação do equipamento, um gol anulado de Gabriel Pec rendeu muita reclamação do técnico do Vasco: No momento em que o golmfoi anulado, minutos depois, Marcelo Cabo se revoltou e disparou para a arbitragem da partida: “Sem VAR? Como vocês mudam essa decisão seis, sete minutos depois sem VAR?”. No entender do técnico, houve interferência externa na decisão.

Durante a entrevista coletiva, o técnico externou ainda mais sua revolta: “Você está jogando uma terceira fase de Copa do Brasil. Você tem ganho técnico e financeiro. Hoje poderíamos pagar o preço de uma interpretação. Sou totalmente a favor do VAR. Não entendo como não temos o VAR numa fase aguda dessas da Copa do Brasil. Mas desde que não tenha o VAR, vale a decisão do árbitro. Ele deu o gol e três minutos voltou atrás. Deixo para os especialistas. Mas esse é um tema importante”, protestou Marcelo Cabo.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.