O meia Nenê está de volta ao Vasco da Gama após quase quatro anos. O anúncio oficial aconteceu na noite desta terça-feira (14). Aos 40 anos, ele fica no cruzmaltino até dezembro de 2022. Ele rescindiu o contrato com o Fluminense e já era esperado que voltasse para São Januário na tentativa de ajudar o clube a retornar a elite do futebol brasileiro.

O vovô, como ficou conhecido nos últimos tempos, ficou off do Gigante da Colina em 2018, quando se transferiu para o São Paulo após ter chegado em São Januário, em 2015. Em sua primeira passagem, segundo o clube, disputou 132 jogos e marcou 44 gols - contando três amistosos. Ele foi protagonista na conquista do Campeonato Carioca de 2016. Agora, ele estará on novamente nos gramados do Caldeirão.

O nome do meia já vinha sendo ventilado no cruzmaltino ainda quando o técnico Lisca era o comandante da equipe. Na época, ele não se empolgou muito com a chegada do veterano. Com a saída de Lisca e a chegada de Fernando Diniz, com quem Nenê trabalhou brevemente - por duas partidas - no tricolor das Laranjeiras, o panorama da situação mudou até chegar a este desfecho.

O armador também já vinha demonstrando internamente seu desejo de deixar o Fluminense. Após ser um dos pilares da equipe na campanha que levou o clube de volta à Libertadores, acabou perdendo espaço nas últimas rodadas, tanto com Roger Machado, quanto com Marcão. Com os rumores do interesse do Vasco, viu com bons olhos a chance de ir para um clube onde seria possivelmente titular absoluto.

Na comunicado oficial, o cruzmaltino informou que seu novo reforço se junta durante a semana ao grupo do treinador Fernando Diniz. Nenê deve treinar nesta quarta-feira (15) no CT Moacyr Barbosa. O Vasco tenta regularizá-lo a tempo de integrar a delegação que viaja a Maceió, onde na quinta encara o CRB, às 19h, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.