arrow_drop_down
search
Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

Futebol Flamengo

“Vai ficar”; venda de Gerson faz diretoria do Fla garantir permanência de xodó da torcida

O mercado no Mengão tem ficado ainda mas agitado nas últimas semanas; enquanto o Coringa foi vendido, outro jogador vai ficar no clube 

Bolavip

Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

O Flamengo tem um jogo importantíssimo nesta noite (10), contra o Coritiba, no Couto Pereira. Confronto válido pela terceira fase da Copa do Brasil, torneio que o Mengão trata com muita seriedade e tenta buscar o título da competição. É o único troféu que essa geração vencedora do Rubro-Negro ainda não levantou nos últimos anos.

Internamente, a situação que tem gerado polêmica é a de Gabigol. O Fla esperava pelo atacante em Curitiba na noite de ontem (09), mas ele não compareceu e o caso está entregue ao vice-presidente de futebol, Marcos Braz. Dirigentes querem saber se realmente o artilheiro tem alguma lesão, como foi informado pela CBF.

Por outro lado, a boa notícia para a Nação é que, com a venda de Gerson, o Flamengo tem a convicção que Arrascaeta não será vendido. O clube terá recursos para aumentar seu salário, prorrogar o contrato e ainda comprar outra parte dos seus direitos econômicos. Assim, o camisa 14 seguirá no Mais Querido do Brasil por mais temporadas.

Essa pauta já está sendo conversada entre os diretores e o craque virou prioridade total. O agente do craque já foi comunicado e reuniões irão acontecer muito em breve. Assim, apesar de perder o Coringa, o Fla não precisa mais vender jogadores importantes para bater a meta.

A tendência é que Arrasca fique entre os maiores salários do Flamengo, atrás apenas de Gabigol. O “fico” do jogador é considerado muito importante dentro e fora de campo. O atleta é muito querido pela Nação e a diretoria não teria sossego caso ele fosse negociado, por tudo que o craque representa.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.