Neste sábado (7), o Atlético perdeu sua invencibilidade de 36 jogos seguidos como mandante ao ser batido pelo América por 2 a 1, no Independência, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mais do que a derrota, o Galo voltou a não jogar bem e acabou sendo criticado pela torcida, já que vem de uma sequência de três partidas seguidas sem vitória na Série A. Em coletiva pós-jogo, Antonio Mohamed fez questão de assumir a responsabilidade pela atuação da equipe.

O técnico cobrou uma melhora no sistema defensivo, ponto forte do Atlético na última temporada, e espera que o momento sirva de aprendizado ao elenco: “Quando a equipe não funciona, a responsabilidade é minha. A solução temos que dar na próxima partida, temos que demonstrar a solidez que tínhamos. Foi uma partida ruim e tem que ser um despertador para todos nós. Tem que servir de aprendizagem”, declarou ‘El Turco’.

Mohamed também fez questão de ‘puxar a orelha’ de seus jogadores, já que acredita que o Galo tenha entrado desligado no clássico, cuja desatenção não é inédita: “Hoje, aconteceu isso. Em outros jogos, outras situações. Demos 30 minutos, entramos desconcentrados. Isso não pode ocorrer em uma equipe que quer ser ganhadora. Temos que ser humildes e, se todos assumirem o que temos que fazer, a equipe vai voltar a ter força”, finalizou o técnico.

Como citado pelo treinador, o Atlético tem mostrado momentos de desatenção nas últimas partidas, como nos empates com o Coritiba e o com Goiás, pelo Brasileirão, e também na Libertadores, no empate com o Independiente del Valle, do Equador. Isso porque, nas três ocasiões, saiu à frente no placar, mas acabou “perdendo dois pontos”. Querendo se recuperar, o Galo enfrenta o Red Bull Bragantino na próxima quarta (11), às 20h30, fora de casa, pela 7ª rodada da Série A.