O Athletico entra em campo na noite desta terça-feira (28) e busca manter o bom momento vivido na temporada para abrir vantagem nas oitavas de final da Copa Libertadores da América. A partir das 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada, o Furacão recebe o Libertad, do Paraguai, e terá muitas mudanças na equipe titular promovidas por Luiz Felipe Scolari.

Após rodar o elenco na vitória por 4x2 diante do Red Bull Bragantino, no último final de semana, o treinador conta com o retorno de jogadores importantes, mas também tem baixas. Uma das principais novidades fica por conta de David Terans. Na temporada, o meio-campista uruguaio soma nove gols e três assistências em 25 partidas.

Outro gringo que retorna ao time titular é Cuello, também preservado contra o Bragantino. No sistema defensivo, o zagueiro Pedro Henrique e o lateral Khellven estão de volta. Com relação aos desfalques, o lateral-esquerdo Abner testou positivo para a Covid-19 e será substituído por Pedrinho.

Já no ataque, Pablo, que vive bom momento desde a chegada de Felipão, com seis gols e duas assistências nas últimas 11 atuações, sofre com dores na coxa e está fora. O provável substituto é Vitor Roque, que fará sua estreia na Libertadores. O trio ofensivo ainda contará com Pedro Rocha, que segue na vaga de Marcelo Cirino

Sendo assim, o provável time do Athletico para encarar o Libertad tem: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández e Pedrinho; Hugo Moura, Christian e David Terans; Cuello, Vitor Roque e Pedro Rocha. No banco de reservas, o Furacão irá contar com o atacante Canobbio, que se recuperou de um problema no tornozelo.