O Internacional vem de um empate em 1 a 1 diante do Juventude, no Alfredo Jaconi, em jogo válido pela 5ª rodada do Brasileirão 2022. Este foi o terceiro duelo que o Colorado terminou empatado com o adversário. A última vitória do time comandado pelo técnico Mano Menezes foi no dia 26 de abril, fora de casa, por 2 a 1, contra o Independiente Medellín, pela 3ª rodada do Grupo E da Copa Sul-Americana. 

No foco de levar o Inter de volta ao caminho das vitórias, Mano terá que ‘se virar nos 30’ para escalar o sistema defensivo diante do Corinthians, na 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão chega embalado para o confronto, com duas vitórias seguidas: uma frente ao RB Bragantino, pelo BR22, no Nabi Abi Chedid, e outra no embate com a Portuguesa-RJ, pela Copa do Brasil, na Neo Química Arena. 

 

Na manhã desta quinta-feira (12), a Gaúcha ZH destacou que o Time do Povo “terá três desfalques” na defesa. Kaique Rocha puxa a fila, sendo acompanhado por Tiago Barbosa e Rodrigo Moledo. Se quiser escalar Bruno Méndez, o Clube terá que desembolsar R$ 800 mil ao SCCP, informou a Gazeta Esportiva. Assim, as opções no plantel ficam reduzidas. 

 

 

Desta forma, “será a primeira vez que Gabriel Mercado e Vitão atuarão juntos desde o início de um jogo na temporada atual”, apurou o jornalista Douglas Demoliner, na GZH. Ambos os jogadores estão longe de ser unanimidade na torcida colorada, que se vê em um momento de preocupação. Nas opiniões de quem deveria ser a dupla de zagueiros titular do Internacional durante todo o ano, os atletas são pouco citados. 

Mercado tem 10 jogos disputados em 2022. Vitão soma 17 partidas, sendo responsável por anotar um gol na Série A. O primeiro tem contrato até dezembro e, em fim de vínculo, o segundo apenas até junho. A tendência é que ambos sejam titulares na noite do próximo sábado (14), às 19h (horário de Brasília).